Tatuagens têm uma história por trás. Um significado permeia cada desenho, seja a causa nobre ou não, pessoal ou pública. Logo não é difícil entender porque tanta gente tatua os nomes dos amados.

A prática, bastante famosa por celebridades, gera polêmica. Afinal de contas, vale mesmo riscar a pele para sempre em nome do seu / sua parceiro (a)? O livre-arbítrio é indiscutível, ninguém pode impedir ninguém de tatuar o nome que queira, mas é uma boa causa a se ponderar.

A atriz Débora Secco, por exemplo, foi casada por algum tempo com o cantor Marcelo Falcão, vocalista da banda O Rappa. No calor da relação, ela pagou para que fosse escrito no seu pé direito as palavras “Falcão” e “Amor Eterno”. Algum tempo depois, a atriz se separou. E a tatuagem, mesmo após sessões de laser (a prática mais eficiente atualmente no mercado), continuava lá. Há quem diga que Débora usa maquiagem para tentar esconder o desenho. Kelly Key, Viviane Araújo, Angelina Jolie e tantas outras já cometeram o mesmo equívoco.

Se entre os famosos os números são muitos, entre os anônimos a ocorrência é bem maior. Se 4,5 milhões de brasileiros têm algum tipo de tatuagem, não é difícil pensar em casos semelhantes. A maioria é feita em tinta preta, a mais difícil de ser removida posteriormente. Sendo apenas iniciais ou os nomes inteiros, tatuar referências ao amor é complicado e exige muita reflexão antes de se submeter às agulhadas.

Esse tipo de tatuagem normalmente fica em pontos dolorosos e visíveis, caso do pulso e do pé, e não são de fácil remoção. Cada sessão de laser custa, em média, R$ 300. O mínimo esperado para se notar efeito são 10 aplicações. Logo, para uma tatuagem que custa entre R$ 150 e R$ 200, a remoção pode custar entre 15 e 20 vezes o preço original – e tomar muito mais tempo.

 

tattocitaçao2

Você é tão, mas tão fã daquela banda, que não resistiu. Ou você é aquela pessoa que releu o livro 5 vezes e “aquela” frase ainda te causa calafrios. E resolveu tirar sua vontade escrevendo na própria pele e pra sempre, aquilo que te marca. Isso não é incomum, nem algo relativamente novo. Vamos explicar […]

tatooamoreterno2

A perda de alguém marca a vida de outra. Mas, quando a decisão de se provar uma homenagem é em forma de tatuagem, a falta de um símbolo específico torna o limite entre desenho e homenagem uma coisa só. Até onde se sabe, poucas coisas representam a morte de uma pessoa na pele de outra. […]

tatoofilho

Se tatuar passagens bíblicas é interessante e o nome do amado é controverso, tatuar o nome dos filhos é algo indiscutível. A ligação entre pais e seus rebentos pode ser eternizados na pele em maneiras diversas, variando de acordo com a idade, a forma e até mesmo se o desenho vai para o pai e […]

senhormeupastor

“O senhor é meu pastor” e tatuador pronto pra escrever isso não faltará nunca. Muito comum desde o início da prática da pigmentação no Brasil, as passagens bíblicas estão sempre entre as mais requisitadas de studios Brasil afora. Mais que uma prova de fé, uma prova de coragem e uma contradição existem na hora de […]